Lucas Dias
08/10/2019
Garça Esporte 

Reginaldo "Linguiça": Um atacante habilidoso por: Tico Cassolla

 Dias atrás, andando pelas ruas da cidade, encontramos o Reginaldo da Silva, ex-atacante do Garça, que não víamos há um bom tempo. Pelo nome poucos se lembrarão dele. Mas se falarmos do apelido “Linguiça”, todos saberão quem é. Até porque entre os anos de 1.984 a 1.988 defendeu a gloriosa camisa do Garça, e fez história. 

Anúncio

Dias atrás, andando pelas ruas da cidade, encontramos o Reginaldo da Silva, ex-atacante do Garça, que não víamos há um bom tempo. Pelo nome poucos se lembrarão dele. Mas se falarmos do apelido “Linguiça”, todos saberão quem é. Até porque entre os anos de 1.984 a 1.988 defendeu a gloriosa camisa do Garça, e fez história. 

O Reginaldo “Linguiça” ainda continua um bom papo, conversamos bastante e o assunto predominante foi o futebol, evidentemente. Recordou dos bons tempos que jogou bola, era um ponta direita ofensivo, daqueles que partia para cima dos beques, e driblava mesmo, se o lateral bobeava “caia sentado”. Comentou que se fosse hoje, e tivesse um bom empresário, teria jogado num grande time. Mas deu azar, neste aspecto. Jogou em vários times do interior, pouco ou quase nada ganhou. É a realidade do futebol brasileiro. Uns ganham muito. A grande maioria, pouco ou quase nada.

Se dentro dos gramados o Reginaldo fez a alegria dos companheiros e dos torcedores com seus dribles desconcertantes, até marcando uns gols de vez em quando, depois que parou com o futebol, não teve a mesma sorte.  

 A nova vida fora do futebol foi difícil, para não falar cruel. Confessa que andou “jogando errado, marcou uns gols contras”, passou por dificuldades, mas está aí, pronto para uma nova etapa. Já superou os contratempos, e bola pra frente. Inclusive recebeu convite para disputar o campeonato de futebol suíço master. Está estudando. Apesar do “suíço’ não ser a sua praia, pois prefere mesmo jogar num gramado grande. Agora se confirmar o retorno, a modalidade master ganhará um belo reforço.                                

A CARREIRA: Reginaldo da Silva, ou “Linguiça”, começou jogando no futebol amador da cidade. Nem bem disputou duas temporadas, uma pelo Cavalcante, outra pelo Ouro Verde, onde acabou despontando e já foi contratado pelo Garça, no ano de 1.984. Neste ano “Azulão” retornava ao futebol profissional, e tanto o presidente Antonio “Biga” Marangão, como o técnico Carlos Alberto Sabione Lemos Soares, o “Bô”, viam nele um jogador de futuro. No Garça também foi comandado por renomados treinadores, o Itamar Belasalma, Servílio de Jesus e Altamiro Gomes, que não cansavam de elogiar o seu futebol. O João Luiz, ex-colega de time sempre falava  “o Linguiça” sabe jogar bola, tem talento e criatividade. Bem orientado se tornará um craque consagrado”. Também joguei com ele no Garça, e posso dizer que era diferenciado, fazia malabarismo com a bola nos pés.

Depois do Garça, o “Linguiça” jogou no Vocem (Assis), Umuarama (Paraná), São Bento (Marília), Itumbiara (Goiás), Clube Atlético Linense e Esportiva Santacruzense, quando “pendurou as chuteiras” e encerrou a carreira no futebol. Agora está ensaiando um retorno no futebol suíço master.

Veja o time do Garça, retornando ao futebol, no ano de 1.984. Em pé da esquerda para direita: Antonio “Biga” Marangão (presidente), Barbosa (preparador físico), Botinha, Mamela, Dinho Parreira, Osmar “Tanajura”, Júlio Tibério, Arengui e Jair Montemor (dirigente); Agachados: Tiana, João Luiz, Gaúcho, Reginaldo “Linguiça”, Canhoto e José Luiz (massagista). No outro flagrante veja o banco de suplentes durante um jogo de campeonato, num “Platzeck” lotado. Da esquerda para direita: Bô (técnico), Dr. André Gavioli Rodrigues, Zé Luiz (massagista), Júlio Tibério, Tico, Reginaldo, Betinho Calegari e Jair goleiro.                

Fotos do Evento


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.