Lucas Dias
09/11/2018
Garça Esporte 

O meia atacante Tiana


                              Recordando os grandes jogadores que defenderam o Garça na temporada de 1.984, achamos o José Sebastião Bizerra Neves, mais conhecido por “Tiana”, na cidade de Rondonópolis, Estado do Mato Grosso.

Anúncio

Recordando os grandes jogadores que defenderam o Garça na temporada de 1.984, achamos o José Sebastião Bizerra Neves, mais conhecido por “Tiana”, na cidade de Rondonópolis, Estado do Mato Grosso. O meia atacante Tiana é mais um que ajudou na volta do Garça aos gramados, na memorável campanha do vice-campeonato da Terceira Divisão do interior paulista e o acesso pra segundona. Só lembrando que o campeão foi o Capivariano, que na decisão venceu o Garça na cobrança de penalidades máximas, em jogo realizado no Estádio “Zézinho Magalhães”, em Jaú.

Na época o Tiana jogava no time da Escola Agrícola (onde estudava) e era destaque no campeonato amador. O técnico Carlos Alberto, o “Bô”, vendo nele um bom potencial técnico pediu sua contratação e não se arrependeu. Tiana disputou um grande campeonato e formou um meio de campo “quadrado” de fazer inveja: Botinha, Tiana, João Luiz e Canhoto, que jogava como um falso ponta esquerda. Naquela temporada ainda o Garça foi comandado por Neuri Cardoso e com o famoso técnico Osvaldo Brandão, então supervisor de Altamiro Gomes.

O diferencial no Tiana era a facilidade com que dominava a bola, seguidos de dribles rápidos e curtos. Aliado à sua colocação em campo, sempre no “espaço vazio” e passes para os atacantes marcarem gols.

O Tiana poderia ter um sucesso maior na carreira, porém, optou pelos estudos na Escola Agrícola, onde se formou em técnico agrícola. Do time de 1.984 está entre os mais técnicos e habilidosos e foi fundamental para o sucesso do Garça. Mais um que deixou seu nome “marcado” no Garça e no coração da torcida.

A carreira: José Sebastião Bizerra Neves, o Tiana, teve uma carreira predominantemente no futebol amador. Até porque o seu foco era o estudo, onde frequentou a Escola Agrícola. Foi profissionalizado no Garça no ano de 1.984 e não seguiu carreira. Veja no flagrante com a camisa do “Azulão” durante aquecimento no “Platzeck”, para mais uma partida do campeonato.

No amador Tiana jogou no grande time da Escola Agrícola, do técnico e professor Gilberto Godoi, na Casa Ipiranga, dos irmãos Pedro e Gerson e na Garcafé, comandada pelo Ademar Salvador. Chegou a disputar um campeonato de aspirantes pelo Maquinho (Marilia), defendeu a Cafelandense e o Gália. Graças a sua habilidade, jogou também futebol de salão (futsal), o esporte da bola pesada. Fez parte do time da Escola Agrícola, que terminou como vice-campeão do torneio regional da modalidade, perdendo a final para o Yara Clube em Marília.

Veja um dos primeiros times do Garça do ano de 1.984. Em pé da esquerda para direita: Antonio “Biga” Marangão (presidente), Barbosa (preparador físico), Botinha, Mamela, Dinho Parreira, Osmar “Tanajura”, Júlio Tibério, Arengui e Jair Montemor (dirigente); Agachados: Tiana, João Luiz, Gaúcho, Reginaldo “Linguiça”, Canhoto e José Luiz (massagista). No outro flagrante encontramos recentemente o Tiana quando de sua vinda à Garça,  para o tradicional encontro nos alunos da Escola Agrícola.

Atualmente Tiana mora na cidade de Rondonópolis/MT, e trabalha na empresa “Bayer Cropsciense”, como técnico agrícola em pesquisas rurais. Aos 57 anos ainda continua “batendo uma bolinha”, fazendo alguns malabarismos, e torcendo como nunca para o Vasco da Gama carioca.

É casado com a garcense Marta Regina Ofsviana e o casal tem dois filhos: Leonard e Édio. Segundo o Tiana “jogam muito, até melhor que ele”, mas como o pai não quiseram seguir carreira no futebol. Veja a família Neves em destaque, da esquerda para direita: Isabely (neta), Marta (esposa), Tiana, Leonardo com a filha Emanuele, a nora Sara e o filho Édio.


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.