Lucas Dias
14/09/2018
Garça Esporte 

O Goleiro Mamela por: Tico Cassolla

A coluna começa hoje uma nova série recordando os grandes jogadores que passaram pelo Garça. São personagens que marcaram época, deixando o nome “marcado” no clube e no coração da torcida.

Anúncio

A coluna começa hoje uma nova série recordando os grandes jogadores que passaram pelo Garça. São personagens que marcaram época, deixando o nome “marcado” no clube e no coração da torcida. O primeiro é o goleiro Carlos Alberto Redondo, o “Mamela”, jaqueta “1”, que defendeu o “Azulão” nas temporadas de 1.984/85 e 1.988/89. Sem dúvida alguma o Mamela, ao lado do Dagoberto (ex-Corinthians) e Júlio César, está entre os três melhores goleiros na história recente do Garça. Foi contratado no retorno do time no ano de 1.984, sendo titular absoluto e vice-campeão da Série A-3.  


A carreira: O Carlos Alberto Redondo (Mamela) nasceu em Marília, e começou a carreira no ano de 1.974, no juvenil do Liberdade FC. No ano seguinte foi para o Maquinho e por pouco não se profissionalizou. Em 1979, quase largou o futebol para trabalhar no Banco Itaú e jogar na várzea mariliense defendendo o Pedute FC. Até que voltou para o MAC em 1982, e seguiu na carreira profissional. Em 1983 na Associação Esportiva Osvaldo Cruz e EC. Inter de Lages/SC; 1.984/85: Garça; 1.986: Botafogo, de Ribeirão Preto, onde jogou ao lado de Raí, Mário Sérgio, Boiadeiro e Paulo Rodrigues; 1.987: EC. Quinze de Jaú, jogando com Paulo Isidoro, Nilson André e Roberto Biônico; 1.988/89: Garça; 1.990: Mirassol; 1.991: São Carlense; 1.992: União Barbarense, onde encerrou a carreira.

Depois por motivos de trabalho residiu em Goiana e Belo Horizonte. Em 2.007 voltou para Marília. Aos 59 anos ainda continua jogando bola no futebol socayte, com os amigos nas chácaras Gadochas, O Circo e APCD, como lazer e para fazer um pouco de exercício. O futebol de campo já não dá mais, parou há uns 5 anos.

É casado com a Roseli e tem duas filhas: Camila e Carla. No lado profissional hoje possui a Chácara Cacaroca, próxima ao Aeroporto de Marília, que aluga para eventos e festas em geral.

Na foto recente veja como está o Mamela, ao lado do amigo, fã incondicional e ex-dirigente do Garça, Laudesmir “Galo” Marangão, já falecido.

Depois no Garça, temporada de 1.984. Em pé da esquerda para direita: Antonio “Biga” Marangão (presidente), Barbosa (preparador físico), Botinha, Mamela, Dinho Parreira, Osmar “Tanajura”, Júlio Tibério, Arengui e Jair Montemor (dirigente); Agachados: Tiana, João Luiz, Gaúcho, Reginaldo “Linguiça”, Canhoto e José Luiz (massagista).


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.