30/10/2017

Documentação foi entregue para Garça ser um MIT

Depois de sete meses de trabalho para levantamentos técnicos e reativação do COMTUR - Conselho Municipal de Turismo , o Prefeito João Carlos dos Santos e o Secretário de Desenvolvimento de Turismo e Eventos, Fábio Bonassa, estiveram na Assembleia Legislativa em São Paulo para a entrega de toda documentação necessária à aprovação de Garça como um MIT – Município de Interesse Turístico.

Na oportunidade, foram recebidos pela deputada estadual Rita Passos, autora do pedido feito em 2015. Muito solícita, a deputada informou que iria protocolar a documentação o mais rápido possível: “ Estou muito feliz em receber toda a parte técnica das mãos do prefeito de Garça e do secretário de turismo. Podem contar com todo nosso empenho na aprovação”, disse a deputada.

O Secretário de Turismo, Fábio Bonassa, esclarece que este foi o último passo de responsabilidade da administração quanto à solicitação do título:

“ Finalizamos toda a documentação com uma riqueza de detalhes muito grande. Aproveito para agradecer o empenho e dedicação de todos os conselheiros do COMTUR. Neste ano já realizamos 12 reuniões do conselho e da comissão do PDT – Plano diretor de turismo. Sem a participação da sociedade não há evolução neste tema. Quanto ao MIT, tudo está muito bem encaminhado para aprovação do pedido”.

Cada município reconhecido pelo Governo do Estado como MIT tem direito a um valor anual para investimento na infraestrutura turística da localidade, proporcional à arrecadação estadual. Neste ano são R$ 550.000,00 para cada cidade.

É salutar esclarecer que este valor não é enviado aos cofres municipais quando da aprovação, mas estará disponível ao município para apresentação de projetos de infraestrutura junto ao DADETUR – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos. Somente após a aprovação dos projetos é que o dinheiro é liberado para a execução e prestação de contas daquela obra.

O Prefeito João Carlos dos Santos, acompanhou levantamento de toda documentação. “Ao presenciar o desenvolvimento do trabalho pude constatar nosso imenso potencial turístico que Garça. Diversas cachoeiras e quedas d’água, o turismo rural através da produção cafeeira, de alimentos e de látex, o turismo de negócios que já tem um bom desenvolvimento com nosso parque industrial e, claro, o nosso complexo turístico do lago artificial com o próprio lago e os pedalinhos, o bosque das cerejeiras, o jardim oriental, a concha acústica e o bosque municipal. Através deste trabalho desenvolvido fiquei sabendo que temos em Garça, com o bosque municipal, a 15ª maior reserva de mata atlântica em área urbana do país. Tudo isto é motivo de orgulho para todos os garcenses”.

Quanto ao prazo de resposta ao pedido, o secretário esclarece: “ Segundo nos foi informado, até o final de novembro devemos ter um retorno da área técnica quanto à aceitação da documentação. É bem provável que já em 2018 a nossa cidade seja um MIT”.

 

Comentários

Enviar Comentário

Lojas Garça Online

Tempo Garca